#8524941, By V3rt1go

  • V3rt1go Redator, Eurogamer Portugal 19 Mar 2012 22:06:43 1,677 posts
    Seen 3 days ago
    Registered 7 years ago
    A questão é que, apesar de muitos acreditarem que a excelência do género estava no DMC devido ao seu estilo, para mim foi Ninja Gaiden que imprimiu no género um tom verdadeiramente hardcore. Tinha uma essência própria e facilmente se compreende porquê.

    Os Sigmas a cabo de Hayashi demonstraram um tom claramente diferente da visão original de Itagaki, quer por serem mais fáceis quer por terem um tom mais suave. A verdade é que Ninja Gaiden e Itagaki podem afinal estar muito mais ligados do que se poderia pensar.

    @fearme3:
    Não me parece que o jogo esteja a ser criticado por coisas que o 2 já era. Repetitivo não era, quanto mais não fosse a forma violenta com que "maltratava" o jogador era tal que se tornava quase numa luta fervorosa pela resistência, sadomasoquismo podem alguns dizer.

    Isto fazia com que os resistentes quisessem mais, aparentemente este não é assim, segundo avançam. Melhor de tudo era como eles souberam esconder e até usar as suas debilidades a seu favor. Aí sim poderíamos ver o talento da equipa.

    Quanto ao áreas repletas de inimigos não era bem como neste 3, e aqui compreendo perfeitamente porque a IGN invoca o Dynasty Warriors. No 2 os inimigos surgiam e frequentemente eras forçado a os enfrentar, isto é normal. O DMC até te forçava mesmo ao criar as barreiras mas NG não.

    Aqui neste 3, pelo menos segundo a demo e aparentemente mantém-se, parece mesmo enfadonho e Dynasty Warriors, Estás num cenário no qual avanças uns passos, chegam 5/6 inimigos e tens que os enfrentar, enquanto os enfrentar vão chegando mais 5/6 e quando te livras desses 10/12 e acreditas que vais seguir em frente, por alguma razão estranha és quase instantaneamente privado de progredir porque o jogo te está a descarregar mais 5/6.

    O ritmo fica altamente afetado e parece que não sais do sítio e estás a executar as mesmas ações sem fim. É mesmo como se estivesses a jogar Dynasty Warriors e não NG, a questão é que DW é o que é e o quer ser, logo faz com que saiba bem, já NG não e fica no ar algo estranho e uma crise de identidade.

    O NG não era isto, era fluído ritmado e frenético. O termo enfadonho não te vinha à cabeça.

    O NG2 para mim é brutal, massacra o jogador e tem nas suas armas a componente estilo e faz com que o jogador se sinta especial. É para mim um expoente.
Log in or register to reply